Notícias

quarta-feira, 25 de maio de 2011, 12:26 VW Touareg emagrece e ganha pique

Nova geração do jipão perde até 257 kg e fica melhor de ver e andar

Versão V6 tem rodas com desenho mais simples e estribo na cor preta. Dianteira segue a nova diretriz da VW
Versão V6 tem rodas com desenho mais simples e estribo na cor preta. Dianteira segue a nova diretriz da VW

Fazer um utilitário esportivo perder peso não é muito difícil. A maioria das fábricas simplesmente retira itens off-road como a caixa de transferência com reduzida e muitas vezes a própria tração 4x4. Mas esse não é o caso da segunda geração do Touareg. O jipão perdeu 257 kg (na versão V8) com o uso de componentes de alumínio e aço de alta resistência, sem que nada da performance fora-de-estrada fosse alterada.

 

No asfalto, é clara a agilidade do corpinho mais esbelto. Mesmo na versão de entrada, com motor V6 de 280 cv e 37 kgfm, você pisa fundo e sente o jipão responder sem preguiça (a VW declara 0 a 100 km/h em 7,8 segundos). O menor peso também contribuiu para a agilidade do Touareg nas curvas. Encarei a serra que leva a Campos do Jordão (SP) como se estivesse de Passat, e o que vi foi um carro equilibrado – digno de ser irmão do Porsche Cayenne.

 

O novo Touareg deverá começar na faixa dos R$ 220 mil na versão V6 e R$ 270 mil na V8

 

Se o V6 tirou a subida de letra, o V8 de 360 cv e 45,4 kgfm deu risada. Foi com ele que enfrentamos um trecho off-road até o Pico Agudo, local de saltos de asa delta e paragliders. Além do motor V8, o Touareg topo de linha traz suspensão pneumática com quatro níveis de altura e três de firmeza. É conforto de sobra nos buracos, e valentia de sobra nos obstáculos, graças ao conjunto formado pela tração integral 4 Motion com reduzida e o bloqueio dos diferenciais central e traseiro. 

Traseira recebeu lanternas menores e ficou mais compacta, dando aspecto mais esportivo ao jipão
Traseira recebeu lanternas menores e ficou mais compacta, dando aspecto mais esportivo ao jipão

Novidade para as duas versões é o câmbio automático de oito marchas, que faz o motor girar a somente 2 mil rpm a 120 km/h (rotação 34% inferior à sexta marcha do modelo antigo). A VW diz que é a primeira transmissão desse tipo num utilitário esportivo, mas esquece do BMW X3, também com oito velocidades. Outras atrações incluem controlador de velocidade ativo (que freia sozinho se o carro à frente diminuir) e o Area View (opcional), um sistema com quatro câmeras espalhadas pelo carro que permite ampla visão da movimentação ao redor.

 

Apesar de mais leve, o Touareg cresceu. Boa notícia para quem viaja no banco de trás, com a ampliação de 3,8 cm na distância entre eixos. O motorista foi brindado com um painel mais belo (que traz visor digital colorido entre os instrumentos analógicos) e ganhou freio de estacionamento eletrônico, no lugar do velho pedalzinho. Para completar, a mudança incluiu uma completa renovação visual, que deixou o utilitário mais elegante, com destaque para os belíssimos faróis bi-xenônio com leds.

 

Os preços ainda não foram divulgados pela VW, mas, contando com um acréscimo em relação ao modelo anterior, o novo Touareg deverá começar na faixa dos R$ 220 mil na versão V6 e R$ 270 mil na V8.

Interior impressiona pelo nível de acabamento e sofisticação, com destaque para a tela LCD no centro do painel
Interior impressiona pelo nível de acabamento e sofisticação, com destaque para a tela LCD no centro do painel



Fonte: Site – Revista Auto Esporte




« Voltar

Newsletter

Digite seu e-mail e receba as últimas notícias sobre o Grupo Nasa.